(Pedro Vaz de Barros)(Pedro o Poderoso)


  • Born about 1577 - Faro, Algarve, Portugal
  • Deceased 28 March 1644 - São Paulo, São Paulo, Brasil,aged about 67 years old
  • Buried in 1644 - São Paulo, São Paulo, Brasil
  • Em 18/08/1603 foi nomeado capitão mor governador da capitania de São Vicente . Em 1605 retonou a Portugal , mas voltaria ao Brasil. No retorno casou com Luzia Leme , estabelecendo-se com fazenda em Pinheiros , São Paulo , além de possuir sitio em Itacotiara e grande número de escravos ., Capitão-mor, sertanista, governador da Capitania de São Vicente

 Parents

 Spouses and children

 Siblings

 Paternal grand-parents, uncles and aunts

 Maternal grand-parents, uncles and aunts

(display)

 Events


 Notes

Individual Note


Name Prefix: Cap. Mor Governador

Religion: Revelou ao visitador do Santo Ofício , que seus pais eram meio cristãos novos , de linhagem sefardita [1591]

 Sources

  • Individual:
    - Árvore Genealógica do FamilySearch -

    Capitão-mor Governador- Pedro Vaz de Barros
    Nomes de nascimento: Pedro Vaz de Barrospedro vaz de barros
    Gênero: Masculino
    Nascimento: Entre 11 de Jan de 1576 e 10 de Jan de 1577 - Algarve, Portugal
    Serviço militar: Capitão-Mór Governador;
    Morte: 28 de Mar de 1644 - São Paulo, São Paulo, Brasil
    Enterro: 1644 - São Paulo, São Paulo, Brasil
    Profissão: Capitão-mor - Capitania de São Vicente e São Paulo
    Profissão: Governador - Capitania de São Vicente e São Paulo
    Pais: Jerônimo de Barros, Joana Vaz de Barros (Sol. Barros)
    Esposa: Luzia Vaz de Barros (Sol. Leme)
    Crianças: Fernão Paes de Barros, Lucrécia Pedrozo Pimentel (Sol. de Barros), Sebastião Paes de Barros, Antonio Pedroso de Barros, Luiz Pedrozo de Barros, Pedro Vaz de Barros, Jerônimo Pedroso, Jeronimo Pedroso de Barros, Capitão Valentim de Barros
    Irmãos: Antonio Pedrozo de Barros, Jerônimo Pedroso, Governador Pedro Vaz de Barros
    Esta pessoa parece ter parentes duplicados. Veja no FamilySearch para ver a informação completa.
      Informação adicional:

    Patriarca da Família Paes de barros: Pedro Vaz de Barros que veio de Portugal para o Brasil em ca. 1598, dando origem à família Paes de Barros com a sua esposa Luzia Leme
    LifeSketch: Transcrevemos aqui o que escreveu Taques sobre a origem desta família: "Pedro Vaz de Barros e seu irmão Antonio Pedroso de Barros foram pessoas de qualificada nobreza e vieram ao Brasil providos Antonio Pedroso de Barros em capitão-mor da capitania de S. Vicente e S. Paulo, e o irmão Pedro Vaz de Barros em ouvidor da mesma capitania, com cláusula que, falecendo Antonio Pedroso, fosse capitão-mor governador e também ouvidor o irmão Pedro Vaz, e falecendo este acumulasse Antonio Pedroso os dois cargos, como se vê da carta patente passada em Lisboa em 1605, pela qual tomou posse Antonio Pedroso na câmara de S. Vicente em 1607, que está registrada no arquivo da câmara de S. Paulo. Porém, Pedro Vaz de Barros já tinha vindo a S. Paulo muito antes daquelas épocas, pois consta que era capitão-mor governador da dita capitania pelos anos de 1602 (Cart. da provedoria da fazenda real, e arquivo da câmara de S. Paulo). Neste arquivo da câmara de S. Paulo se vê que para se tomar um assento em câmara sobre a vinda de quatro soldados espanhóis de Vila Rica do Espirito Santo da província do Paraguai, foi neste ato presidente Pedro Vaz de Barros, como capitão-mor governador de S. Paulo. Caderno de vereanças tit. 1601. No cartório do tabelião da vila de S. Vicente se acham uns autos de justificação de nobilitate probanda, titulo, o capitão Valentim de Barros, n.º 1643, e escrivão deles o tabelião Antonio Madeira Salvadores. E também os autos de justificação do capitão Fernão Paes de Barros, ano de 1678, escrivão deles o mesmo tabelião Salvadores. Destes dois autos consta que Pedro Vaz de Barros viera à capitania de S. Vicente em serviços da coroa, e que, voltando ao reino, tornara a mesma capitania, provido em capitão-mor governador dela. Que seu irmão Antonio Pedroso viera à vila de S. Vicente, onde chegara com o tratamento de homem nobre, trazendo criados brancos que o serviam, e casara na dita vila com uma f.ª de Jeronimo Leitão que tinha sido capitão-mor governador da capitania de S. Vicente, em cuja vila ficara sendo morador dito Antonio Pedroso de Barros. Deste matrimonio há descendência na vila de S. Vicente, conhecida nos Pedrosos Barros dela. Estes dois irmãos Antonio Pedroso e Pedro Vaz (pelos autos referidos) eram naturais do reino do Algarve, de onde passaram a ser moradores de Lisboa. Nesta corte tiveram um primo direito, que foi o licenciado Antonio de Barros, presbítero secular e capelão que foi de el-rei. Este Padre Antonio de Barros teve duas irmãs: Helena de Mendonça e Maria de Mendonça, que foram casadas com pessoas cavalheiras; elas fundaram na vila de Almada o convento de N. Senhora da Piedade, onde se recolheram ditas fundadoras, que também foram irmãs de Jeronimo Lobo e de Antonio Lobo, que, seguindo o real serviço na milícia, foram ambos despachados para a Índia. Destes mesmos foi irmão frei José de Jesus Maria, religioso da Cartuxa, como consta dos referidos autos, de que se deu instrumento a Fernão Paes de Barros que foram registrados em 1762 na câmara de S. Paulo." O capitão-mor governador Pedro Vaz de Barros faleceu com testamento em 1644 e foi casado com Luzia Leme, falecida em 1655, f.ª de Fernando Dias Paes e de Lucrecia Leme. V. 2.º. pág. 552. Teve: Cap. 1.º Valentim de Barros Cap. 2.º Antonio Pedroso de Barros Cap. 3.º Luiz Pedroso de Barros Cap. 4.º Pedro Vaz de Barros Cap. 5.º Fernão Paes de Barros Cap. 6.º Sebastião Paes de Barros Cap. 7.º Jeronimo Pedroso Cap. 8.º Lucrecia Pedroso de Barros Fonte: Genealogia Paulistana, Luiz Gonzaga da Silva Leme, Vol III - Pág. 442 a 478.


    - Árvore Genealógica do FamilySearch -

    Governador Pedro Vaz de Barros
    Nomes de nascimento: Pedro Vaz de Barrospedro vaz de barros
    Gênero: Masculino
    Nascimento: Entre 11 de Jan de 1576 e 10 de Jan de 1577 - Algarve, Portugal
    Serviço militar: Capitão-Mór Governador;
    Morte: 28 de Mar de 1644 - São Paulo, São Paulo, Brasil
    Enterro: 1644 - São Paulo, São Paulo, Brasil
    Profissão: Capitão-mor - Capitania de São Vicente e São Paulo
    Profissão: Governador - Capitania de São Vicente e São Paulo
    Pais: Jerônimo de Barros, Joana Vaz de Barros (Sol. Barros)
    Esposa: Luzia Vaz de Barros (Sol. Leme)
    Filhos: Luiz Pedrozo de Barros, Capitão Valentim de Barros, Fernão Paes de Barros, Jerônimo Pedroso, Antonio Pedroso de Barros, Pedro Vaz de Barros, Jeronimo Pedroso de Barros, Lucrécia Pedrozo Pimentel (Sol. de Barros), Sebastião Paes de Barros
    Irmãos: Antonio Pedrozo de Barros, Jerônimo Pedroso
      Informação adicional:

    Patriarca da Família Paes de barros: Pedro Vaz de Barros que veio de Portugal para o Brasil em ca. 1598, dando origem à família Paes de Barros com a sua esposa Luzia Leme
    LifeSketch: Transcrevemos aqui o que escreveu Taques sobre a origem desta família: "Pedro Vaz de Barros e seu irmão Antonio Pedroso de Barros foram pessoas de qualificada nobreza e vieram ao Brasil providos Antonio Pedroso de Barros em capitão-mor da capitania de S. Vicente e S. Paulo, e o irmão Pedro Vaz de Barros em ouvidor da mesma capitania, com cláusula que, falecendo Antonio Pedroso, fosse capitão-mor governador e também ouvidor o irmão Pedro Vaz, e falecendo este acumulasse Antonio Pedroso os dois cargos, como se vê da carta patente passada em Lisboa em 1605, pela qual tomou posse Antonio Pedroso na câmara de S. Vicente em 1607, que está registrada no arquivo da câmara de S. Paulo. Porém, Pedro Vaz de Barros já tinha vindo a S. Paulo muito antes daquelas épocas, pois consta que era capitão-mor governador da dita capitania pelos anos de 1602 (Cart. da provedoria da fazenda real, e arquivo da câmara de S. Paulo). Neste arquivo da câmara de S. Paulo se vê que para se tomar um assento em câmara sobre a vinda de quatro soldados espanhóis de Vila Rica do Espirito Santo da província do Paraguai, foi neste ato presidente Pedro Vaz de Barros, como capitão-mor governador de S. Paulo. Caderno de vereanças tit. 1601. No cartório do tabelião da vila de S. Vicente se acham uns autos de justificação de nobilitate probanda, titulo, o capitão Valentim de Barros, n.º 1643, e escrivão deles o tabelião Antonio Madeira Salvadores. E também os autos de justificação do capitão Fernão Paes de Barros, ano de 1678, escrivão deles o mesmo tabelião Salvadores. Destes dois autos consta que Pedro Vaz de Barros viera à capitania de S. Vicente em serviços da coroa, e que, voltando ao reino, tornara a mesma capitania, provido em capitão-mor governador dela. Que seu irmão Antonio Pedroso viera à vila de S. Vicente, onde chegara com o tratamento de homem nobre, trazendo criados brancos que o serviam, e casara na dita vila com uma f.ª de Jeronimo Leitão que tinha sido capitão-mor governador da capitania de S. Vicente, em cuja vila ficara sendo morador dito Antonio Pedroso de Barros. Deste matrimonio há descendência na vila de S. Vicente, conhecida nos Pedrosos Barros dela. Estes dois irmãos Antonio Pedroso e Pedro Vaz (pelos autos referidos) eram naturais do reino do Algarve, de onde passaram a ser moradores de Lisboa. Nesta corte tiveram um primo direito, que foi o licenciado Antonio de Barros, presbítero secular e capelão que foi de el-rei. Este Padre Antonio de Barros teve duas irmãs: Helena de Mendonça e Maria de Mendonça, que foram casadas com pessoas cavalheiras; elas fundaram na vila de Almada o convento de N. Senhora da Piedade, onde se recolheram ditas fundadoras, que também foram irmãs de Jeronimo Lobo e de Antonio Lobo, que, seguindo o real serviço na milícia, foram ambos despachados para a Índia. Destes mesmos foi irmão frei José de Jesus Maria, religioso da Cartuxa, como consta dos referidos autos, de que se deu instrumento a Fernão Paes de Barros que foram registrados em 1762 na câmara de S. Paulo." O capitão-mor governador Pedro Vaz de Barros faleceu com testamento em 1644 e foi casado com Luzia Leme, falecida em 1655, f.ª de Fernando Dias Paes e de Lucrecia Leme. V. 2.º. pág. 552. Teve: Cap. 1.º Valentim de Barros Cap. 2.º Antonio Pedroso de Barros Cap. 3.º Luiz Pedroso de Barros Cap. 4.º Pedro Vaz de Barros Cap. 5.º Fernão Paes de Barros Cap. 6.º Sebastião Paes de Barros Cap. 7.º Jeronimo Pedroso Cap. 8.º Lucrecia Pedroso de Barros Fonte: Genealogia Paulistana, Luiz Gonzaga da Silva Leme, Vol III - Pág. 442 a 478.


    - Árvore Genealógica Mundial Geni -

    Pedro Vaz de Barros
    Gênero: Masculino
    Nascimento: 1580 - Faro, Algarve, Portugal
    Profissão: sertanista, governador da Capitania de São Vicente
    Morte: 8 de Mar de 1644 - São Paulo, São Paulo, Brazil
    Pai: Jerônimo Pedroso
    Mãe: Joana Vaz de Barros
    Esposa: Luzia Leme
    Crianças: Antonio Pedroso de Barros, Pedro VAZ Vaz de Barros, Fernão Pais de Barros, Valentim de Barros, Luis Pedroso de Barros, Sebastião Pais de Barros, Jeronimo Pedroso, Lucrécia Pedroso de Barros
    Irmãos: Bernarda Pedroso, Antonio Pedroso de Barros, Lucrécia Pedroso


    - JOAQUIM FLORIANO ESPÍRITO SANTO - Family Espirito Santo Web Site (Smart Match)

  Photos and archival records

{{ media.title }}

{{ mediasCtrl.getTitle(media, true) }}
{{ media.date_translated }}

 Family Tree Preview

Antonio Pedroso ca 1525- Bernarda Pereira Mendes ca 1530-1591 Reinaldo de Barros ca 1520- Isabel Furtado de Mendonça ca 1530-
||||






||
Jeronimo Pedroso ca 1550- Joanna Vaz de Barros ca 1550-1582..1583
||



|
Pedro Vaz de Barros, o Poderoso ca 1577-1644