(Agnes STROHLIN)


  • Born about 1440 - Urach, 72574, Bad Urach, Reutlingen, Tubingen, Baden Wurttemberg, Deutschland
  • Deceased after 1486 - Urach, 72574, Bad Urach, Reutlingen, Tubingen, Baden Wurttemberg, Deutschland

 Parents

 Spouses and children

 Notes

Individual Note

I. °° 1460 mit Gebhard der Alt BRASTBERGER (1414-1462)

Filha de um burguês de Urach.Há algo de genealogicamente errado com esta minha "avó" Agnes.Segundo o Strylin'sche Stiftung de 1516 teria casado I com "Alt" Gebhard Brastberger e II com Johannes Mögling "Heidenmann". Deste último casamento teve Johannes que casa com Barbara Brastberger - que não pode ser sua filha como consta na genealogia Mögling - e tiveram por sua vez um filho também Johannes que morre em 1555 com 60 anos o que coloca o seu nascimento em 1495. Assim o Johannes Mögling c.c. Barbara Brastberger teria presumivelmente nascido por 1470 (teria um filho aos 25 anos) e nunca depois de 1477, data já muito improvável. Ora Gebhard Brastberger, 1º marido de Agnes parece documentar-se até 1479 e diz-se ter morrido depois de 1498.Por outro lado Agnes é também mãe de Michael e Amandus Mögling, ambos Magister, um em 1503 outro em 1506 o que põe os seus nascimentos em 1483 e 1486 mais ano menos ano; sendo invulgar uma tão grande diferença de idades entre irmãos - um de 1470 outros de 1483 e 1486 - sem que se conheçam outros intermédios que teriam necessariamente falecido antes de 1516. De qualquer forma, teria sido mãe em 1486 pelo que razoavelmente não teria nascido muito antes de 1440 (último filho com 46 anos) nem muito depois de 1450 (1º filho com 20 anos).Ora do que se sabe dos irmãos, Ulrich é pai em 1502 e Barbara em 1501/1502 (os filhos têm 14 e 14/15 anos em 1516) o que sugere nascimentos entre 1470/1480 como melhor probabilidade ou seja, sugere que Agnes pudesse pertencer a uma geração anterior.Com este quadro, comecei por admitir que Faber tivesse errado a ordem dos casamentos - como também terá admitido Merkel que transcrevo abaixo - mas reexaminando a questão, não me parece possível afastar o documento de 1516 que institui o "Stiftung".Tem de ser certo o duplo casamento com geração de ambos e igualmente certo que teve um neto Johannes c.c. Barbara Brastberger como consta no documento de 1516, sendo a ordem dos casamentos que fixa os direitos de ambas as estirpes, Brastberger e Mögling, tal como decidiu a Faculdade de Direito, chamada a pronunciar-se em 1837. Remetendo as complicadas questões suscitadas pelo casamento Johannes Mögling e Barbara Brastberger para a página desta última, estarão erradas ou a informação de que Gebhard Brastberger se documenta até 1579 ou a data de nascimento de Johannes Mögling em 1495.Se for a primeira, pode-se postular a existência de um outro Gebhard Brastberger, a quem caberiam as últimas referências atribuídas ao 1º marido de Agnes, o que não parece impossível e até é sugerido por este ser chamado "Alt" ou "der Alte". Se a sua viúva volta a casar em idade de ter filhos não é de esperar que tenha tido uma vida muito longa e "der Alte" não seria referido a uma idade muito avançada mas à existência de um homónimo "der Jung", hipótese que por ora sigo mas cai se alguma das referências documentais posteriores a 1470 se referir a "der Alte", o que não sei.Se for a segunda, estaria errada a idade no óbito de Johannes Mögling em 1555. Se Johannes tivesse morrido não com 60 mas com 50 anos teria nascido em 1505 e seu pai por 1580, permitiindo o 2º casamento de Agnes depois da morte do 1º marido presumivelmente ainda em 1579 ou em inícios de1580, e podendo ela ser de 10 até 15 anos mais nova, aproximando-se portanto das mais prováveis idades dos irmãos. De facto, removeria a maior parte das dúvidas cronológicas mas a metodologia que sigo não me permite postular um erro num registo sem esgotar outras possibilidades, ainda que menos elegantes e aparentemente menos prováveis.-------------Copiando de Merkel:"Todt, Keller, J.: 1 Sohn u. 1 Tochter aus Ehe Brastberger, 3 Söhne aus Ehe Mögling. Tochter eines Uracher Bürgers. Vermutlich sind die Angaben Fabers unrichtig: Ihr 1. Mann Brastberger stirbt, nach 1498, die Kinder haben geschätzte Geburtsjahre um/vor 1470. Den 2. Mann, Mögling, könntesie also frühestens 1499 geheiratet haben, die Geburtsjahre der Söhnesind aber ca. 1470 und 1486. Zu dem soll diese 2. Heirat 1485 stattgefunden haben. Dann wäre sie bei der Geburt der Kinder Mögling über 60 Jahre alt gewesen!"

Death

= * Kind

 Sources

  • Individual, birth, death: Faber (1854) 30,2 Pg. 5
  • Spouse: Faber (1854) 30,2 [conj.2] Pg. 5; B-GBS (1879) Pg. 557 [5º avô 64]; Martinszeller; Merkel; Holland

 Family Tree Preview

   
Ulrich STRYLIN ca 1410-1452/ N. N. †1452/
||



|
Agnes STRYLIN ca 1440-1486/